segunda-feira, 8 de junho de 2009

Me chame...



Me chame...


Apenas me chame,
não importa por qual nome,
me chame...
Me chame agora, hoje, de madrugada,
quando seu coração estiver sentindo o frio do vazio,
me chame.

Me chame para ser seu par nessa dança,
me chame para escutar seu canto,
me chame para ver as estrelas,
para sentir o calor de seu corpo....
me chame.

Me chame quando seus olhos molharem seu rosto,
quando seus ombros estiverem pesados,
quando sua mente se sentir cansada,
quando o sol da manhã não iluminar seus sonhos....
me chame.

Me chame quando seu sorriso tomar conta de sua alma,
me chame para partilhar um beijo,
me chame para dar-me suas mãos e segurar as minhas,
me chame.

Me chame a qualquer hora e, de preferência,
me chame sussurrando em meu ouvido,
me chamando de querida, de amada
e querendo que eu esteja sempre
com um largo sorriso ao seu lado.

Bad Wolf

4 comentários:

NHAMUNDÁ ON LINE disse...

Saudações!
Amiga Rose,
A poesia "Me Chame" é uma canção de amor, cheia de vida e encantos!
Parabéns minha amiga!
Abraços,
LISON.

ivandro disse...

Como todas postagens muito linda,parabéns.

TONY disse...

Alô Ternura

Estou aqui chamando...

Bjos

Junior Silva disse...

Olá, Rose

Me chame, um charme de poesia!!
Muito linda!
Beijos.